sábado, 28 de março de 2015

Deicor prende grupo criminoso que tentou roubar Correios em Fernando Pedroza



Blog Tangaraense / Focoelho
Policias civis da Divisão Especializada de Combate ao Crime Organizado (Deicor) prenderam em flagrante Francisco Josenildo da Silva, Thalyson Jeymes de Moura Severino, Nadja Patrícia da Silva e apreenderam uma adolescente acusados de terem tentado roubar uma agência dos Correios em Fernando Pedroza, na tarde desta quinta-feira (26). No momento em que eles foram abordados pela Polícia Civil usaram uma criança, de apenas quatro anos, como escudo humano.
O núcleo de inteligência da Polícia Civil (NIP) tinha a informação de que a agência seria alvo de uma dupla que iria cometer o crime e que chegariam em uma motocicleta. Segundo a delegada ajunta da Deicor, Danielle Filgueira, uma equipe da Especializada dirigiu-se até a cidade com o intuito de monitorar a ação criminosa. “ Verificamos a dupla chegando à agência e um dos homens não conseguiu entrar no local porque o segurança percebeu uma atitude suspeita e segurou a porta. Logo após, a dupla saiu na motocicleta e nossos policiais começaram a perseguição”, contou a delegada.
Quando a Polícia Civil pediu que os homens parassem, Humberto de Silva Souza começou a atirar contra a equipe da Deicor, sendo alvejado e vindo a óbito em um hospital. O outro empreendeu fuga e foi monitorado pela Especializada até ser resgatado pelo restante do grupo que estava em um Gol de cor branca.
“Sabíamos a rota do veículo e interceptamos o Gol. No momento da abordagem eles usaram a criança como escudo e para despistar suspeitas. Dentro do carro estavam Francisco Josenildo da Silva e Nadja Patrícia da Silva, que são casados, Thalyson Jeymes de Moura Severino, a adolescente e a criança”, detalhou a delegada. Foi descoberto que parte do grupo, ficava no mato, dando apoio aos comparsas que estavam pela cidade.
A ação policial também resultou na apreensão de dois revólveres calibre 38 e de diversos aparelhos celulares. Entre os crimes cometidos pelo grupo estão associação criminosa, favorecimento real e corrupção de menores. Thalyson Jeymes também responderá pelo crime de porte ilegal de arma de fogo. Os acusados já respondem a outros crimes na Justiça. “Estamos trabalhando para que outros autores de mais crimes sejam identificados e presos”, frisou o delegado geral da Polícia Civil, Stenio Pimentel.

Polícia Militar irá convocar 709 concursados para o curso de formação de praças


O Comando da Polícia Militar (PM) informou que até o fim do mês irá divulgar a relação com os nomes dos 709 convocados para a última fase do concurso para soldado, que seria o curso de formação.
Os exames de saúde foram realizados entre os dias 9 e 23 de dezembro de 2014, de acordo com a convocação via Diário Oficial do Estado (DOE) na publicação de 14 de novembro. Os candidatos aprovados no concurso que forem considerados aptos do ponto de vista clínico, médico e psicológico passarão oito meses no Curso de Formação de Praças (CFP), e só depois serão distribuídos entre as unidades de menor efetivo.
Durante a formação, receberão uma bolsa mensal no valor de um salário mínimo (R$ 788). O comandante da PM lembra que, apesar do Estado ter ultrapassado o limite prudencial, o Governo tem que dispor dos recursos para o CFP, uma vez que a convocação dos concursados para os exames foi determinada pelo Tribunal de Justiça do Rio Grande do Norte.
A decisão foi do juiz Cícero Martins, da 3ª Vara da Fazenda Pública de Natal, atendendo ao pedido feito pela Associação dos Praças da Polícia Militar do RN (Aspra-RN).
O número de convocados equivale a aproximadamente 15% do déficit existente na PM, que atualmente é de 4.800 homens, com base na Lei de Fixação de Efetivo, que para o RN prevê a necessidade de 13.500 policiais. O concurso ocorreu em 2005 e o prazo de validade terminou em 10 de janeiro de 2011.

sexta-feira, 27 de março de 2015

Câmara aprova pena maior para crimes contra policiais


Fonte: Blog PM de Jucurutu
O Plenário da Câmara dos Deputados aprovou, nesta quinta-feira (26), projeto que torna homicídio qualificado e crime hediondo assassinar policial, bombeiro militar, integrante das Forças Armadas, do sistema prisional e da Força de Segurança Nacional, quando esses profissionais estiverem em serviço.
O agravamento do crime também se estende ao cônjuge, companheiro ou parente até 3º grau do agente público de segurança, quando o delito for motivado pela ligação familiar. Em todos esses casos, a pena será de reclusão, de 12 a 30 anos. O homicídio simples prevê pena menor (reclusão de seis a 20 anos).
Atualmente, já é homicídio qualificado o cometido por motivo fútil, mediante encomenda, contra a mulher em razão de sua condição de sexo feminino (feminicídio), entre outros.
O projeto original (PL 3131/08), do Senado, previa penas maiores tanto para quem matar policial como para o policial que matar alguém, e não falava dos parentes. O texto foi alterado após acordo feito no Plenário, com apoio de parlamentares ligados à discussão da segurança púbica.
O relator da proposta na Comissão de Constituição e Justiça e de Cidadania (CCJ), deputado João Campos (PSDB-GO), apresentou uma emenda substitutiva modificando a redação. Com a alteração na Câmara, o PL 3131/08 segue para nova análise dos senadores.
Lesão corporal
O texto aprovado, que altera o Código Penal (Decreto-Lei 2.848/40) e a Lei de Crimes Hediondos (Lei 8.072/90), estabelece que a lesão corporal cometida contra agentes de segurança em serviço, e seus parentes, será aumentada de 1/3 e 2/3.
Além disso, o substitutivo transforma em crime hediondo o assassinato, a lesão corporal dolosa de natureza gravíssima e a lesão corporal seguida de morte de agentes de segurança em serviço e seus parentes. Atualmente, é considerado crime hediondo o genocídio, a tortura, o estupro, o latrocínio, o sequestro, entre outros. Não existem hipóteses de lesão corporal como crime hediondo. Esses tipos de delito não recebem indulto, anistia ou graça e não podem ser objetos de fiança.
Arcabouço
Para João Campos, o substitutivo cria um “arcabouço jurídico de proteção ao policial brasileiro”. Ele afirmou que neste ano a média é de dois policiais assassinados por dia no exercício do dever. “Tenho certeza de que a sociedade brasileira não aceita isso”, disse.
Deputados oriundos da área de segurança pública elogiaram a aprovação. “É um momento histórico para aqueles que protegem a sociedade com sacrifício”, disse o deputado Major Olimpio (PDT-SP).
Já o líder do Psol, deputado Chico Alencar (RJ), criticou o fato de a lesão corporal contra agente de segurança ser incluída como um caso de crime hediondo. “Estamos banalizando o crime hediondo”, argumentou. A inclusão também foi criticada pelo líder do PPS, deputado Rubens Bueno (PR). “Crime hediondo para lesão corporal é uma aberração jurídica. Não existe isso em nenhum país do mundo”, comentou.
Auto de resistência
Durante a votação, o presidente da Câmara, Eduardo Cunha, anunciou, após pedidos de deputados do PT, que colocará em votação em 60 dias o Projeto de Lei 4471/12, que aumenta o rigor na apuração de mortes e lesões corporais decorrentes da ação de policiais. O PT ameaçou iniciar um processo de obstrução contra a votação do PL 3131/08, caso não fosse dada uma sinalização para a votação do PL 4471/12.
Este projeto acaba com o chamado “auto de resistência”, mecanismo legal que autoriza os agentes públicos e seus auxiliares a utilizarem os meios necessários para atuar contra pessoas que resistam à prisão em flagrante ou determinada por ordem judicial.

BANDIDO MORTO E OUTRO BALEADO EM CONFRONTO COM A POLÍCIA DURANTE TENTATIVA DE ASSALTO AOS CORREIOS DE FERNANDO PEDROZA/RN


Fonte: Blog Passando na hora
Uma tentativa de assalto a agência dos correios de Fernando Pedrosa e Angicos simultaneamente, resultou na morte de um dos assaltantes, e outro possivelmente baleado, fato ocorrido durante a tarde desta quinta feira, 26 de março de 2.015, durante troca de tiros com a Polícia Civil e Polícia Militar daquela região. De acordo com as primeiras informações, os bandidos planejaram os assaltos, mas o plano teria sido descoberto pela polícia, que mantou campana na cidade de Fernando Pedrosa, a espera dos bandidos. Por volta das 14 horas e 30 minutos, os bandidos chegaram a cidade, se dirigiram a agência, momento em que os funcionários que já haviam sidos informados pela polícia, fecharam as portas da agência, deixando-os em via pública. Com à aproximação da polícia, os assaltantes que estavam de motocicleta empreenderam fuga, efetuando disparos contra os policiais. Houve o revide, tendo um dos deles tombado morto, e o outro conseguiu fugir e adentrar em um matagal, onde está sendo procurado pela polícia, informações que já baleado. Existem informações que um dos disparos efetuados pelos assaltantes por pouco não atingiu a cabeça do policial que conduzia a viatura. O bandido que morreu no confronto armado, conhecido como GORDO, era acusado de ter participado do assalto a Agência dos Correios de João Câmara. O Itep não fez a perícia no local nem a remoção do corpo para a base em Mossoró, porque teriam retirado o corpo do local. O corpo deve ser removido para a base do órgão por uma agência funerária, ou uma ambulância do município.

CURRAIS NOVOS: ESTUDANTES FORAM ASSALTADOS NA SAÍDA DA UFRN



Fonte: Blog repórter seridó
Recebi a informação de uma estudante e confirmada pela PM, que dois alunos do curso de administração da UFRN de Currais Novos foram assaltados quando saiam da faculdade por volta das 22h15, dois bandidos armados anunciaram o assalto e tomaram os celulares dos jovens. A polícia foi comunicada.

Vítima de acidente na entrada de Acarí faleceu na tarde desta quinta


FOTO: BLOG DAVI NETO
POR BLOG REPÓRTERES EM AÇÃO - Nossa equipe de reportagem recebeu a informação que o senhor CIÇO DA MIUDEZA OU CÍCERO DE ACARÍ da cidade de Acari faleceu na tarde desta quinta (26) em Natal.
Ele foi vítima de um acidente em Acari no dia 21/03. O mesmo dirigia seu veículo quando colidiu de frente com outro veículo na entrada de Acarí. Devido ele não estar de cinto de segurança foi jogado para o lado de fora do veículo e bateu fortemente a cabeça. Ciço da Miudeza era natural de Acari, mas atualmente residia em Currais Novos na rua Dona Germana.

CURRAIS NOVOS: PM PRENDE JOVEM COM ARMA DE FOGO APÓS TENTATIVA DE HOMICÍDIO


MARQUINHOS DE NELISSA (ACUSADO)
CONSIDERADO PELA POLÍCIA DE ALTA PERICULOSIDADE

VÍTIMA


Fonte: J. Júnior
Por volta das 13h00 dessa quarta-feira (26) uma tentativa de homicídio foi registrada na Rua do Rosário, Bairro Santa Maria Gorete tendo como vítima SEBASTIÃO FERNANDES DE LIMA DE 51 ANOS CONHECIDO COMO O VELHO DAS BURRAS que não foi atingido pelo os 05 disparos efetuados em sua direção.
O acusado foi o velho conhecido da Polícia MARCOS AURÉLIO DA SILVA PONTES DE 18 ANOS conhecido como MARQUINHOS DE NELISSA que tem várias passagens pela polícia por homicídio, tentativa de homicídio, porte ilegal de arma de fogo, tráfico de drogas, furtos e etc.
Marquinhos é acusado de assaltar um irmão de um sargento da PM no início da semana e de assaltar um funcionário da empresa Pax Deus é Grande no início desse mês. Ele já cumpriu pena no CEDUC com era menor de idade e é suspeito de vários outros assaltos aqui no município.
Sebastião (Velho das burras) já cumpriu pena por tráfico de drogas e é pai de BRUNOe CLEYTON envolvidos numa tentativa de homicídio na última terça-feira onde um moto-taxista identificado como MARCOS ANTÔNIO foi atingido por dois disparos de arma de fogo.

Um revólver calibre 32 de numeração BL-55873 com 05 munições deflagradas foi apreendido com Marquinhos, além de uma moto Yamaha de placa MZJ- 5617 usada no atentado. Um menor infrator de 16 anos que mora na rua do atentado e deu abrigo a Marquinhos também foi apreendido. A Polícia acredita que ele também está envolvido.